Dente de lapa destrona a teia de aranha sendo o material mais forte da natureza

O mais forte material biológico no mundo rivaliza com a força necessária para transformar carvão em diamante. Ele não vem de uma das maiores criaturas, mas sim,  dos pequenos dentes de um caracol do mar, a lapa.

Até agora, a seda da aranha tinha reinado suprema como o material biológico mais forte. Mas, engenheiros do Reino Unido descobriram que os dentes que cobrem a língua da lapa (imagem destaque), um caracol aquático, tem uma resistência à tração cerca de cinco vezes maior do que a maioria das teias de aranha. O achado foi publicado no Journal of the Royal Society Interface.

Lapas precisam de dentes super fortes, porque elas se penduram em rochas ao longo da beira-mar usando-os. Elas também usam os dentes para raspar algas das rochas para se alimentarem, muitas vezes pegando pedaços de rocha no processo. Os dentes são feitos de nanofibras minerais que fazem parte de uma matriz de proteína. O material é 100 vezes mais fino em diâmetro do que um cabelo humano, e pode suportar as tensões de até 3,0-6,5 gigapascais. Imagine um fio de espaguete segurando cerca de 1600 kg e você terá uma ideia, disse Asa Barber, principal autor.

limpets[1]

Mas não espere ver em breve brocas ou coletes à prova de balas de dentes de lapa. Embora possa ser possível usar o material para fazer obturações dentárias, no futuro, os engenheiros estão mais interessados ​​em inventar seu próprio material inspirado no caracol do mar.