Warning: Use of undefined constant Polêmica - assumed 'Polêmica' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blizads/public_html/wp-content/themes/promola/functions.php on line 22
Remédio para colesterol pode funcionar melhor do que a maconha medicinal | Curiosidades
Warning: Use of undefined constant Polêmica - assumed 'Polêmica' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blizads/public_html/wp-content/themes/promola/functions.php on line 22

Warning: Use of undefined constant Polêmica - assumed 'Polêmica' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blizads/public_html/wp-content/themes/promola/functions.php on line 22

Warning: Use of undefined constant Polêmica - assumed 'Polêmica' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blizads/public_html/wp-content/themes/promola/functions.php on line 22

Warning: Use of undefined constant Polêmica - assumed 'Polêmica' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/blizads/public_html/wp-content/themes/promola/functions.php on line 22

Remédio para colesterol pode funcionar melhor do que a maconha medicinal

Desde os anos 1970, os médicos têm prescrito o a droga fenofibrato (marca Tricor) para ajudar os pacientes a reduzirem seu colesterol. Agora, ela é uma das drogas mais populares de seu tipo, porque tem poucos efeitos colaterais. Mas, de acordo com uma nova pesquisa, o fenofibrato pode ser adequado também para tratar uma variedade de outros problemas de saúde, tais como dores, náuseas ou condições psicológicas, porque ele se liga aos mesmos receptores que a maconha. Esta pesquisa pode levar a uma nova classe de drogas que induzem os efeitos medicamentosos mais úteis da cannabis, sem os efeitos colaterais indesejados.

label-tricor-145mg-90ct[1]

Ambos, fenofibrato e maconha, contêm compostos que se ligam a receptores canabinoides, encontrados nas membranas das células do cérebro e outros órgãos. Os pesquisadores pegaram culturas de células com receptores canabinoides e acrescentaram uma dose de fenofibrato. Utilizando um composto que lhes permitia controlar a atividade da célula, os pesquisadores observaram que a droga se ligou a esses receptores e relaxou o tecido, o que também acontece quando as células são expostas à maconha.

Com uma melhor compreensão de como o fenofibrato afeta o corpo, os pesquisadores esperam que eventualmente ele possa ser prescrito para uma variedade de condições que são atualmente tratadas com maconha, incluindo dor, insônia, perda de apetite, ou algumas condições psicológicas, como ansiedade ou esquizofrenia. Drogas que se ligam a receptores canabinoides poderiam dar aos pacientes o alívio que a maconha proporciona sem desagradáveis ​​efeitos colaterais como tonturas, aumento do apetite, olhos vermelhos e boca seca.